Artigos Notícias

Tochas MIG Refrigeradas a Ar – Dicas de Manutenção

Publicado por Danny Seddon em 09/07/2019 12:22:45

Porque estou utilizando uma quantidade excessiva de bicos de contatos, bocais, difusores de gás, porta bicos e guias?

A resposta pode ser simples.

Primeiramente, cheque o seguinte:

1. O porta bico e/ou o bico de contato estão frouxos?

  • Consumíveis frouxos na parte frontal resultarão em superaquecimento e baixa transferência de corrente – tenha certeza de que eles estão bem fixados.
  • Bicos de contato apresentarão um aspecto de queimados.
  • Difusores terão um aspecto de queimado em suas extremidades – o difusor está desgastado ou quebrado.
  • Guias com sinais de espirais superaquecidos podem até parecer derretidas e coladas.

Próxima etapa…

2. Há algum problema no fluxo de gás?

  • Utilize um fluxômetro para checar o fluxo que realmente está sendo chegando na parte frontal da tocha.
  • Uma soldagem sob corrente de 300 A irá requisitar entre 16-18 litros por minuto.
  • Tochas MIG são refrigeradas a gás e precisam de gás não somente para proteger o metal de solda, mas também para refrigerar a parte frontal da tocha, consumíveis e aumentar sua vida útil.
tocha com fluxometro

Sobre as guias:

3. As guias devem ser encaixadas corretamente para evitar problemas na alimentação de arame.

  • Guias curtas ou mal encaixadas resultam em burn back do arame.
  • A guia deve ter um ângulo de 45 graus na extremidade dianteira, assim irá encaixar na parte de trás do bico de contato.
  • Se você está utilizando uma tocha com pescoço removível – assim como ABIMIG A T ou W T, considere utilizar guias de pescoço para realizar uma troca rápida do mesmo.

    Confira a materia na integra: Tochas MIG Refrigeradas a Ar – Dicas de Manutenção (binzel-abicor.com)
SHARE
RELATED POSTS
Realizado Treinamento Corporativo do Processo de Soldagem MIG/MAG e TIG Inox
Física aplicada à soldagem
Qualificação de Soldadores TIG

Deixe seu comentário

*