Artigos Notícias

3 dicas práticas para soldar corretamente com tochas de extração de fumos de soldagem

Publicado por Jörg Reips em 23/05/2023 00:00:00

Ao soldar metais, existem várias emissões que, por um lado, fazem com que os valores MAK legalmente prescritos (concentração máxima no local de trabalho) atinjam o valor limite acima do permitido e, devido a substâncias tóxicas e/ou agentes causadores de doenças, representam um risco para a saúde. Este fato obriga as empresas do setor de soldagem, em particular, a garantir uma filtragem e ventilação de ar eficazes nas áreas envolvidas. Não só o próprio soldador é afetado pelas emissões nocivas, mas também todo o staff que está exposto aos fumos de soldagem.

Além de um grande número de sistemas estacionários de extração de fumos, a extração de fumos integrada à tocha é um dos métodos móveis mais eficazes que pode ser usado, mas a soldagem com tochas de extração de fumos é definitivamente um desafio quando se trata de manuseio.

Então, como soldar corretamente, utilizando tochas de extração de fumos de soldagem? Ao que é preciso estar mais atento?

Basicamente, o trabalho envolvido nas instalações (sistema e mangueira de extração) significa que o dispositivo e a mangueira de extração (mangueira corrugada) devem estar em um local seguro. Loops e constrições devem ser evitados, pois podem reduzir visivelmente a eficiência da extração.

Reunimos três dicas práticas de aplicação para uma melhor extração de fumos, maior qualidade da junta de solda e manuseio da tocha de soldagem:

1. Escolha o bocal de extração correto para melhor acessibilidade ao componente.

Independentemente de você trabalhar com tochas de extração de fumos há muito tempo ou estar ainda pensando em adquiri-la, a primeira pergunta que surge é: O acesso ao componente é garantido com minha tocha?

RAB_GRIP_HE_501

Existem diferentes tochas de extração de fumos disponíveis, em versões refrigeradas a ar ou água, e em diferentes faixas de amperagem. Primeiro, procure uma tocha de extração que se aproxime dos requisitos de desempenho da sua tocha padrão para tarefas de soldagem.

Devido ao modo de funcionamento da tocha de extração de fumos, ela geralmente tem um contorno externo maior, ou seja, a tocha tem um diâmetro maior, é mais espessa na parte do pescoço devido ao tubo de sucção integrado e um bocal de extração adicional é acoplado ao bocal de gás. Tudo isso é necessário para remover os fumos de soldagem durante o trabalho.

Com certas geometrias de componentes, isso pode levar a uma acessibilidade ruim e dificultar a soldagem.

A solução são as tochas de extração de fumos com diferentes designs de consumíveis, como um bocal de extração geometricamente adaptado.

Ausruestvarianten_mit_Nummern

(1) bocal de extração padrão (2) melhor acessibilidade; extração de fumos ligeiramente reduzida devido à maior distância do ponto de origem dos fumos de soldagem (3) desempenho de extração aumentado devido à menor distância do bocal de extração ao ponto de origem dos fumos de solda e boa acessibilidade ao componente devido ao fino bocal de gás padrão.

A regra é sempre: experimente o que melhor se adapta à tarefa de soldagem!

Por exemplo, você pode mudar para uma versão com bocal de gás rosqueado que, graças a sua forma mais alongada, garante uma melhor acessibilidade ao componente. No entanto, isso reduz um pouco o poder de extração.

É sempre melhor testar a tocha em seu componente diretamente no local, e pedir conselhos para tomar a melhor decisão possível que permita boa acessibilidade, alto desempenho de extração e qualidade consistente das juntas de solda.

2. Verifique a posição da tocha de soldagem e da peça de trabalho para garantir uma extração eficiente no arco.

A soldagem nem sempre ocorre na posição de soldagem ideal. Ela geralmente é feita em posições forçadas, ou seja, posições fisicamente desfavoráveis para o soldador, como na soldagem sobre cabeça. Nesse caso, o soldador não tem a posição ideal em relação à sua peça de trabalho. Isso não é apenas fisicamente mais exigente. Resulta também em um problema de extração dos fumos de soldagem, já que a coluna de fumos – as emissões de soldagem – ficam pairando sobre a cabeça do soldador nesta posição, não tendo a extração de fumos na fonte. 

Isso ocorre porque a soldagem cria calor e o ar quente sempre sobe para o topo.
Se você deseja soldar corretamente com sua tocha de extração, produzir boas juntas de solda e capturar os fumos de soldagem com eficiência, a tocha deve sempre ser mantida na coluna de fumaça, ou seja, no ar ascendente. No caso de uma posição plana (posição de soldagem “PA”) e soldagem com um leve piercing, isso é ideal, pois a tocha é movida ao longo da junta à sua frente e, assim, empurrada diretamente para a coluna de fumaça. Desta forma, 95% dos fumos e até mais podem ser capturados.

 Dependendo da posição, os fumos de soldagem também podem ser retirados diretamente da tocha e apenas parte dos fumos de soldagem nocivos podem ser capturados.
Portanto, se possível, mude sempre a posição da tocha de soldagem para uma posição em que o bocal de extração esteja na direção das emissões que são aspiradas para cima, tanto quanto possível ou permitido por motivos de fabricação, e ajuste a posição de fixação da solda se necessário.

A figura abaixo mostra a influência dos diferentes ângulos da tocha de extração à peça de trabalho, bem como a direção da soldagem no desempenho da extração de fumos:

Rauchgasabsaugung_SW

3. Verifique e regule a potência de extração ideal na tocha de soldagem.

Durante a soldagem, o gás de proteção é usado para deslocar o ar atmosférico e, assim, proteger a junta de solda da oxidação pelo oxigênio e outros gases no ar ambiente. A área de cobertura do gás de proteção que é aplicado ao redor do processo de soldagem, não deve ser extraído quando os fumos de soldagem são capturados. A extração do gás de proteção pode causar porosidade ou oxidação nas juntas de soldagem – um problema de qualidade!

A extração máxima dos fumos de soldagem, portanto, muitas vezes não é eficaz, porque a qualidade das juntas de solda deve ser garantida em todos os momentos. Se os fumos de soldagem forem completamente removidos, mas uma grande parte do gás de proteção também, as juntas de solda podem oxidar e escurecerem, formando poros. Portanto, é importante verificar e regular a potência de extração na própria tocha de soldagem.

Se a cobertura do gás de proteção for afetada pela extração de fumos durante o processo de soldagem, reduza a pressão negativa com o regulador na tocha de soldagem e/ou no dispositivo de extração. Muitas tochas de extração de fumos têm um módulo no punho chamado “controlador de suprimento de ar” que pode ser usado para regular a taxa de extração reduzindo a pressão negativa. Além disso, existem também dispositivos de extração onde a potência de extração pode ser mudada diretamente no dispositivo. No entanto, reagir rapidamente regulando o suprimento de ar na tocha de extração é o melhor e mais flexível método!

RAB_GRIP_HE_Schieberegler

O objetivo é sempre uma boa mistura de extração efetiva de fumos – e, portanto, proteção do soldador contra danos à saúde – e, ao mesmo tempo, bons resultados de soldagem devido à cobertura suficiente de gás de proteção durante o processo de soldagem.

Novamente, se os resultados da soldagem não forem bons, as outras aplicações também devem ser verificadas e, se necessário, deve-se trocar por um bocal de gás diferente ou um tipo de tocha diferente, onde a extração está localizada mais afastada, e, portanto, tem menos influência no arco, porque o processo é mais visível.

Confira o artigo na integra: 3 dicas práticas para soldar corretamente com tochas de extração de fumos de soldagem (binzel-abicor.com)

SHARE
RELATED POSTS
POWERMIG – Evolução é movimento
Ministrado mais um Treinamento e Qualificação no Processo TIG Sanitária
Treinamento Corporativo do Processo de TIG eMIG

Deixe seu comentário

*