Fundamentos

Pilha de Volta

       Em 1800, Alessandra Volta apresentou a primeira fonte que produzia uma corrente elétrica constante: uma pilha de moedas de dois metais diferentes, separadas por discos de flanela embebidos em salmoura. Volta descobriu que a pilha desenvolvia uma certa pressão ou tensão que podia ser controlada, aumentando ou diminuindo o tamanho da pilha. Mais tarde, Volta construiu um engenho que consistia de placas de cobre e placas de zinco imersas em salmoura, contida em copos de vidro. A placa de cobre de um copo era ligada à placa de zinco do copo seguinte por meio de hastes metálicas, ficando desligadas somente a placa de zinco do primeiro e a placa de cobre do último copo.

Volta denominou esse engenho de coroa de copos e descobriu que cada copo apresentava, também, as mesmas propriedades observadas na pilha. Embora os inventos de Volta tenham sido grosseiros e volumosos, as pilhas e baterias modernas são baseadas nos mesmos princípios teóricos que ele descobriu.

 Link Relacionado:

Soldagem – Coleção tecnológica SENAI – 1ª ed. 1997

SHARE
RELATED POSTS
Condução de calor
Íon
Cargas de mesmo sinal se repelem e cargas de sinais contrários se atraem

Deixe seu comentário

*