Industrial

Estimativa de Custos em Soldagem

Artigo escrito em Paulo J. Modenesi, Prof. Depto de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da UFMG, Ph.D. (Cranfield Institute of Technology), trabalha com metalurgia da soldagem, monitoração de processos de soldagem e com o estudo do comportamento mecânico dos materiais.

A soldagem é, em geral, usada como parte de um processo de fabricação que também utiliza outras operações como corte, usinagem, conformação mecânica, montagem, tratamentos térmicos e superficiais.

Além disso, a operação de soldagem pode englobar etapas de pré-aquecimento, de remoção da raiz da solda e outras. No presente documento estas etapas e os outros processos não serão considerados. Deve-se deixar claro, contudo, que numa situação real, o custo de uma operação de soldagem não será, em geral, analisado de uma forma isolada.

Assim, por exemplo, a adoção de um procedimento de soldagem mais sofisticado (e mais caro) pode levar a uma redução de custo pela eliminação de uma etapa no processo de fabricação (por exemplo, pode tornar desnecessário o uso de pré-aquecimento ou de um tratamento térmico posterior).

Arquivo: Tamanho 34 KB em pdf. – 7 páginas

Clique aqui e baixe o arquivo: Estimativa de custos na soldagem

Textos relacionados:

Custos em soldagem uma visão prática

CUSTOS ESCONDIDOS E AUMENTO DA PRODUTIVIDADE NA SOLDAGEM

Economia de Energia na Soldagem

Cursos Treinasolda

SHARE
RELATED POSTS
Perspectivas e Potencialidades do Setor da Soldagem
Custos em soldagem uma visão prática
Aumento da Produtividade na Soldagem Através das Ferramentas de Análise de Custos

Deixe seu comentário

*