Imprimir

Aplicações dos tratamentos térmicos - Instrumentos

Escrito por Infosolda. Posted in Metalurgia

Os instrumentos e acessórios para tratamento térmico são os termopares, os registradores gráficos de temperatura e os cabos de compensação.

 

termopares

Os termopares devem ser fixados junto ao cordão de solda por meio de porcas soldadas com um corte em um dos segmentos para a fixação perfeita do termoelemento, ou por meio de soldagem por descarga capacitiva.

Os termopares mais usados para os tratamentos de solda são: termopar tipo J (ferro constantã), que pode trabalhar com uma temperatura de serviço de até 800°C; temperatura de serviço é a temperatura máxima que o termopar pode suportar sem se fundir; no entanto, é melhor trabalhar até 650°C, pois temperaturas mais altas provocam desgaste excessivo nos elementos. Outro termopar utilizado é o tipo K (NiCrNi), com temperatura de serviço até 1200°C .

Os termopares geram corrente contínua; portanto, deve-se observar a polaridade quando das ligações entre os cabos de compensação e o registrador; geralmente o pólo negativo é o metal magnético, identificado por um sinal.

registradores gráficos

Os registradores gráficos devem ser periodicamente aferidos (geralmente uma vez por ano) e calibrados com padrões rastreáveis; deve existir um controle, tanto para os registradores como para os termopares. Registradores gráficos podem ter desde 1 ponto de medição de temperatura até 36 ou mais pontos e podem ser analógicos ou digitais.

cabos de compensação

Os cabos de compensação apresentam constituição semelhante à do termopar, porém muito mais flexível; conduzem a corrente elétrica produzida pelo termopar até o registrador de temperatura. A identificação do cabo segundo ANSI é azul para o tipo J e amarelo para o tipo K.

 Link Relacionado:

Soldagem – Coleção tecnológica SENAI – 1ª ed. 1997