Imprimir

Ozônio (O)

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

O ozônio é uma variedade alotrópica de oxigênio, de intenso poder oxidante e resulta da reação fotoquímica causada pela radiação ultravioleta sobre o oxigênio atmosférico. É um gás extremamente tóxico que produz intensa irritação do aparelho respiratório e que, em exposições intensas, pode ocasionar edema pulmonar e óbito.

Imprimir

Gases

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

Nas operações de soldagem há desprendimento de gases cuja natureza depende do processo usado; os fatores que devem ser levados em consideração são: gás protetor usado; composição do revestimento ou da alma dos eletrodos; ação do arco elétrico formado; radiação ultravioleta sobre os elementos constituintes do ar atmosférico; composição de óleos e graxas que usualmente recobrem os materiais soldados.

Imprimir

Febre dos fumos

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

De modo geral, a exposição repetida aos fumos metálicos pode ocasionar um quadro agudo chamado de febre dos fumos ou febre dos soldadores, que se inicia por fraqueza, salivação excessiva e tosse. Ao final de poucas horas, provoca uma intensa sudorese acompanhada por náuseas, dispnéia, taquicardia, dores generalizadas. O calafrio e a febre alta que se apresentam dão origem à denominação do quadro que, em sua forma mais grave, pode ocasionar confusão mental e alucinações convulsivas.

Imprimir

Fumos metálicos

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

Os fumos metálicos, constituídos em geral por partículas de 0,005 a 2m de diâmetro, são formados a partir de vapores e gases que se desprendem das peças em fusão, seja da superfície da peça, seja do eletrodo, do revestimento do eletrodo, de substâncias adicionadas à solda, do tipo de fluxos ou pós e dos óleos protetores. Os vapores e gases, em contato com o oxigênio do ar, após resfriamento e condensação, oxidam-se rapidamente, formando os fumos.