Imprimir

Fontes de ignição na soldagem

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

As operações de soldagem ou corte são fontes potenciais de ignição de outros materiais ou das instalações. São muitas a formas: arco elétrico; problemas elétricos (equipamento/fiação); chama aberta; matéria aquecida ou em fusão; partículas incandescentes volantes (as mais perigosas); reações de oxigênio com materiais facilmente oxidáveis e tanques de gases inflamáveis.

Imprimir

Medidas preventivas de contenção do fogo

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

As medidas preventivas básicas para conter o fogo são: isolar a operação, afastando os materiais combustíveis a uma distância mínima de 10m; proteger materiais combustíveis com auxílio de mantas incombustíveis; molhar pisos combustíveis; cobrir com areia e fechar passagens entre pisos e recintos; preparar-se para emergências, mantendo um observador de fogo, brigada de incêndio e equipamentos adequados; inspecionar após o trabalho e elaborar e usar a permissão de fogo.

Imprimir

Limite de inflamabilidade

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

O limite de inflamabilidade é a faixa de concentração, no ar, dos vapores de uma substância inflamável. O menor valor é o limite inferior de inflamabilidade (LIE), e o maior valor é o limite superior de inflamabilidade (LSE). Por exemplo, o acetileno tem como limites 2,3% e 82%, embora se considere, por segurança, o limite superior em 100%, onde há dissociação explosiva, mas não combustão.

Imprimir

Ponto de fulgor

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

Ponto de fulgor é a menor temperatura na qual um líquido inflamável emite vapores em quantidade combustão suficiente para uma mistura e igniçâo momentânea (fulgor). Esse valor serve para indicar a relativa segurança no uso e manuseio do inflamável. Assim, a gasolina, com pontode fulgor de-43C, sempre emite vapores inflamáveis. Já um óleo combustível pesado (PF > 70C) é bem mais seguro.