Imprimir

Hidrogênio

Escrito por Infosolda. Posted in Fundamentos

Hidrogênio ou gás hidrogênio é um composto hidrogênio molecular diatômico, cujos átomos estão unidos por uma ligação covalente simples (H - H).

 

O volume de gás hidrogênio presente na atmosfera é de 5x10-5 % ; na hidrosfera, seu peso é de 10,7 %, sob forma de água. É o mais leve de todos os gases, seguido do hélio, sendo 1/4 menos denso que o ar.

Suas principais características físico-químicas são encontradas no quadro.

Principais características físico-químicas do gás hidrogênio

Propriedades organolépticas

Incolor, inodoro e insípido

Fórmula molecular

 

Massa molar

2.016 g/mol

Ponto de ebulição

-252,87°C

Ponto de fusão

-259,34°C

Densidade no estado gasoso

0,08988 g/L (0°C. latm)

Densidade no estado sólido

70,8 g/cm3 (-259.34°C)

Solubilidade em água

Pouco solúvel

Reatividade química

Inflamável e explosivo; sofre adsorção diante de metais finamente divididos como a platina, o paládio e o níquel

 

obtenção de hidrogênio

O hidrogênio pode ser obtido diretamente pela eletrólise da água, apesar do alto custo da energia elétrica envolvida no processo. Paralelamente obtém-se oxigênio.

Na indústria, o hidrogênio é produzido como subproduto na eletrólise de soluções aquosas de NaCI; através do chamado gás d'água (mistura de CO e H2) e a partir de compostos orgânicos, na indústria petroquímica.

 

aplicações do hidrogênio

O hidrogênio apresenta aplicações importantes:

•    na hidrogenação de óleos vegetais para obtenção de margarinas;

•    na produção de amônia

•    na produção de ácido clorídrico

•    na síntese do metanol 

•    em reações que exigem atmosfera redutora, como as reduções de minérios

•    em balões-sonda para pesquisas na alta atmosfera;

•   em processos especiais de soldagem, como o processo oxídrico e o processo que envolve hidrogênio atômico.

No processo oxídrico, o hidrogênio combina-se com o oxigênio. A combustão produz uma temperatura próxima de 2700°C, liberando água no estado gasoso

No processo que envolve hidrogênio atômico (H), este é obtido assim que o hidrogênio molecular (H2) atravessa o arco elétrico. Saindo do arco, o hidrogênio atômico transforma-se novamente em hidrogênio molecular liberando uma enorme quantidade de calor.

Ambos os processos são técnicas limitadas por causa do efeito do hidrogênio sobre os metais.

Link Relacionado:

Soldagem – Coleção tecnológica SENAI – 1ª ed. 1997