Imprimir

Solda por Fricção

Escrito por Infosolda. Posted in Processos de Soldagem

Artigo escrito por Paulo Eustáquio de Faria Aluno da UFMG Alexandre Queiroz Bracarense, PhD. Universidade Federal de Minas Gerais da Escola de Engenharia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. 

A soldagem por atrito é um processo de união no estado sólido, no qual a coalescência entre as peças metálicas é obtida por aquecimento, através do atrito.

(A) Disposição inicial das peças a serem soldadas, peça a direita com velocidade constante e à esquerda parada.

(B) Contato inicial entre as peças, através de forças aplicadas no sentido axial. Este contato gera calor aquecendo as superfícies devido ao atrito.

(C) Deformação plástica devido ao aumento da força axial e do aquecimento. 

(D) Caldeamento e forjamento da junta soldada.

Existem duas variações do processo: por arraste contínuo e por inércia. Existem duas variações do processo: por arraste contínuo e por inércia.

A solda é feita em poucos segundos, tem alta resistência e a zona termicamente afetada (ZTA) é estreita. Este processo é aplicável a diversos materiais, similares ou não.

Arquivo: Tamanho 0,23 MB em pdf. 7 páginas e 8 figuras.

Textos relacionados:

Soldagem por Fricção

Soldagem por resistência - Características

Soldagem por feixe de elétrons - Características do processo

Clique aqui e baixe o arquivo: Solda por Fricção