Imprimir

High quality aluminium welding - a key factor in future car body production

Escrito por Fabio Urzedo Silva. Posted in Processos de Soldagem

High quality aluminium welding - a key factor in future car body production


The automotive industry is contantly looking for new ways to reduce fuel cunsumption. This is not only an individual concern for the car customers but also an environmental question on a more global level. When it comes to meeting these environmental requirements, the contribution from body design and manufacturing engineers lies in the field of weight savings.

Click here for article complete download: High quality aluminium welding - a key factor in future car body production

 

Imprimir

Processo CMT - Uma revolução na Tecnologia de Junção de Materiais

Escrito por Fabio Urzedo Silva. Posted in Processos de Soldagem

Processo CMT


A moderna tecnologia de solda satisfaz as crescentes exigências do mercado. Alguns dos principais critérios são: estabilidade dos processos, reprodutibilidade e economia. Atualmente, a convergência de propriedades específicas dos materiais promete perspectivas interessantes. Materiais compostos fornecem a um componente ou produto propriedades desejáveis de diversos materiais. Essas uniões anteriormente eram realizáveis somente mecanicamente ou através de colagens. De interesse muito maior, entretanto, é fazer a união térmica de metais com diferentes propriedades. O foco específico nesse caso é a união de aço com alumínio, que na indústria automobilística, por exemplo, cria as condições para inovações nunca antes imaginadas

 

Donwload do artigo completo: Soldagem CMT

Imprimir

Solda a água dispensa cilindros de gás

Escrito por Fabio Urzedo Silva. Posted in Processos de Soldagem

Solda a água

O projeto europeu SafeFlame (chama segura) apresentou os resultados de sua "solda a água".

Apesar do ceticismo inicial, os resultados parecem ter agradado os inúmeros parceiros que se uniram na empreitada.

O aparelho de solda "a água" na verdade usa os gases hidrogênio e oxigênio, que são obtidos na hora por meio da eletrólise da água.

A queima pode ser feita em um maçarico comum, oferecendo uma alternativa aos processos de oxi-acetileno e oxi-propano.

O oxigênio e o hidrogênio são gerados separadamente, e a mistura é controlada para oferecer uma estequiometria precisa - a proporção ideal entre os dois gases, mesmo quando é necessário alterar o tamanho da chama durante o processo de soldagem.

O comprimento da chama e o fluxo de calor podem ser ajustados conforme a necessidade alterando a potência elétrica de entrada, o que é feito por meio de um botão.

Solda sem cilindros de gás

Segundo os coordenadores do projeto, o principal objetivo, que foi alcançado, era produzir um equipamento de solda mais seguro, que não dependesse dos cilindros de armazenamento de gás e que pudesse funcionar em qualquer lugar.

Os cilindros de gás, além de custarem caro, impõem restrições de segurança adicionais que encarecem o processo para pequenas empresas.

A SafeFlame funciona apenas com uma entrada de água e uma tomada comum de 220 volts.

E a solda resultante também é de ótima qualidade: segundo a equipe, a temperatura da chama é alta, o fluxo de calor é elevado e a transferência de calor é uniforme.

O aparelho de solda a água mostrou-se adequado para soldar diversos materiais, entre os quais cobre, alumínio e aço.