Imprimir

Soldagem das Barras de Reforço nas Estruturas de Concreto

Escrito por Fabio Urzedo Silva. Posted in Processos de Soldagem

Soldagem das barras de reforço de estruturas de concretos.

Construções de concreto possuem baixa resistência a tração, o que faz com que elementos de concreto que são submetidos a apreciáveis cargas de tensão sejam usualmente reforçados com barras ou malhas de aço. Nestas construções compostas, a carga de tração é assumida pelo aço, enquanto o concreto suporta as cargas de compressão. A quantidade de aço necessária para um adequado reforço varia cerca de 1% para vigas e lages e até cerca de 6% para algumas colunas (pilares).

Para assegurar a aderência entre o concreto e as barras de reforço, as barras são fabricadas com pequenas saliências, formando veios ou superfícies corrugadas. Estas deformações superficiais variam dentre os fabricantes, porém todos tem que atender os requisitos da norma ASTM.

Faça o Download do artigo completo: Soldagem das barras de reforço de estruturas de concretos

 

Veja também:

Técnica Operatória da Soldagem SMAW

Soldagem por Eletrodo Revestido

Imprimir

Soldagem por Fusão para Reconstrução de Componentes de Ferro Fundido

Escrito por Fabio Urzedo Silva. Posted in Processos de Soldagem

Soldagem por Fusão para Reconstrução de Componentes de Ferro Fundido

Normalmente a soldagem do ferro fundido ocorre em reparo manutenção, visto que o processamento de componentes de ferro fundido é necessariamente por fundição, usualmente da peça semi-acabada (com usinagem posterior) ou mesmo acabada. Como todo o tipo de soldagem de manutenção, esta soldagem apresenta grande complexidade devido às diferentes geometrias e tamanhos de componentes avariados, exigindo uma análise caso a caso para a determinação do procedimento mais adequado. Para auxiliar a determinação do procedimento de soldagem a ser adotado, este artigo procura abordar as principais características do ferro fundido e quais os procedimentos usuais de soldagem para este tipo de material.

Download do artigo completo: Soldagem por Fusão para Reconstrução de Componentes de Ferro Fundido

Veja também:

SOLDAGEM FERRO FUNDIDO

SOLDABILIDADE DOS FERROS FUNDIDOS

 

Imprimir

Troubleshooting in Aluminium Welding

Escrito por Fabio Urzedo Silva. Posted in Processos de Soldagem

fonte imagem: www.everlast.com.sq

 

Troubleshooting in Aluminium Welding

There is no question that the use of aluminium is increasing within the welding fabrication industry. Manufactures often adopt this material either throught innovation, or as a result of pressure applied by their end users. The unique characteristics of aluminium - light weight, excellent corrosion resistance, high strength, high toughness, extreme temperature capability, versality of extruding and recycling capability  - make it one of the current favoured choises of material for any engineers and designers for a variety of welding fabrication applications.

 

Download Here: Troubleshooting in Aluminium Welding

 

Veja também : 

Soldagem do Alumínio e suas Ligas

Fissuração Pelo Hidrogênio - Trincas a Frio

Imprimir

Qualificação do processo de soldagem por resistência

Escrito por Infosolda. Posted in Processos de Soldagem

Artigo escrito pelo professor Alexandre Queiroz Bracarense, PhD da CEFET-MG.

Na soldagem por resistência, as peças a serem soldadas são pressionadas uma contra outra, por meio de eletrodos não consumíveis , fazendo passar por estes uma alta corrente, que esta ocasiona, segundo a Lei de Joule ( Q = K R I2 t ), uma quantidade de calor proporcional ao tempo, resistência elétrica e intensidade de corrente, que deverá ser suficiente para permitir que a região de contato entre as peças a serem soldadas atinja o ponto de fusão.

 

Para que possamos soldar uma peça com esse processo, é necessário verificarmos 3 fatores importantes: Aquecimento, tempo e pressão, e mantermos um equilíbrio entre eles.