Inspeção de Soldagem / Procedimentos

SOLDAGEM EM CARGA NO GASODUTO BOLÍVIA BRASIL

Artigo escrito por Jesualdo P.Lobão Filho, Wilton Servulo e José Alfredo B.Barbosa da TBG e FBTS

O Gasoduto Bolívia Brasil – Gasbol tem inicio na cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e termina na cidade de Canoas (RS), percorrendo uma extensão de 3.150 km. A TBG, proprietária e operadora do Gasoduto no trecho de 2.593 km, parte instalada em território brasileiro, com diâmetro nominal máximo de 32”, capacidade de transporte máxima de 30 MM dia de gás natural a uma pressão máxima de 100 kgf/cm².

Este trabalho descreve a experiência da TBG nas soldagens em carga ao longo do gasoduto nas duplas calhas para os serviços de trepanação e reparos em diversos diâmetros. Apresenta a metodologia utilizada, normas, equipamentos, instrumentos e o treinamento dos soldadores para a soldagem. O levantamento de dados de campo e dos materiais envolvidos, assim como os procedimentos de ensaios e inspetores qualificados. O controle das variáveis que possibilitam a perfuração do duto, tais como velocidade do gás, tipo de eletrodo, aporte de calor e a avaliação metalúrgica dos materiais envolvidos através do cálculo do CE carbono equivalente e a utilização de modelo matemático e informações práticas de resultados de campo. 

Artigo: Tamanho em 1,49 MB em pdf. 8 páginas e 16 figuras.

Textos relacionados:

Elaboração da EPS n° 34 – Soldagem para gasodutos terrestres

Solução Única na Soldagem de Dutos com o Processo GMAW-MC

Avaliação de integridade no gasoduto Bolívia-Brasil

Clique e fala o download do artigo: Soldagem Em Carga No Gasoduto Bolívia Brasil

Faça os cursos Treinasolda:

Inspetor de soldagem N1

SHARE
RELATED POSTS
Elaboração da EPS n° 40 – ASTM A 36 robotizada
REQUISITOS PARA FABRICAÇÃO E INSPEÇÃO DE CONEXÕES PARTE3/3
ASME IX EDIÇÃO 2013

Deixe seu comentário

*