Imprimir

Descontinuidades

Escrito por Infosolda. Posted in Metalurgia

Características

            Descontinuidade é a interrupção física causada em um material pela abertura de uma trinca ou pela presença de um segundo material: gás, inclusão de escória e de tungstênio.

 

As descontinuidades podem ser classificadas quanto à origem e à forma. Com relação à origem, as descontinuidades podem ser geométricas (operacionais) e metalúrgicas. Com relação à forma, as descontinuidades podem ser planas e volumétricas.

É interessante notar que as descontinuidades geométricas geralmente são planas, enquanto as descontinuidades metalúrgicas podem ser planas ou geométricas. Um quadro indica os tipos de descontinuidades mais comuns associados aos processos de soldagem.

Processo de soldagem

Tipo de descontinuidade

Geométrica (operacional)

Metalúrgica

Falta de fusão

Falta de penetração

Mordedura

Porosidade

Inclusão de escória

Trincas

TIG

X

X

-

X

-

X

MIG/MAG

X

X

X

X

X

X

Plasma

X

X

-

X

-

X

Eletrodo revestido

X

x

X

X

X

X

Eletrodo tubular

x

X

X

X

X

X

Arco submerso

x

x

x

X

X

X

Por resistência: ponto; costura; projeção; centelhamento; forjamento; percussão

X

-

-

-

-

X

Oxigás; oxiacetilênica; oxihídnca; etc.

X

x

-

X

-

X

Difusão

X

-

-

-

-

X

Explosão

X

-

-

-

-

-

Foriamento

X

-

-

-

-

X

Atrito

X

-

-

-

-

-

Ultra-som

X

-

-

-

-

-

Feixe de elétrons

X

X

-

X

-

X

Laser

X

X

-

X

-

X

Eletroescória

X

X

X

X

X

X

Aluminotermia

X

-

-

X

X

X

 

As descontinuidades são detectadas por ensaios não destrutivos após a soldagem. A escolha dos ensaios não destrutivos está relacionada às características das descontinuidades. Assim, uma descontinuidade volumétrica pode ser melhor detectada por um ensaio radiográfico, enquanto que para uma descontinuidade plana prefere-se o ensaio ultra-sônico. Descontinuidades que atingem um tamanho crítico determinado pela norma de inspeção são consideradas defeitos e devem ser reparadas. Os ensaios não destrutivos mais empregados para detectar diferentes descontinuidades podem ser vistos no quadro.

Descontinuidades

Método de inspeção

RD

US

LP

PM

EV

CP

Porosidade

AP

D

AP'

D2

AP'

D

Inclusão de escória

AP

AP

NA

D2

NA

D

 

 

 

 

 

 

 

Falta de fusão

D

AP

NA

NA

NA

D

Falta de penetração

AP

AP

NA

NA

NA

D

Mordedura

AP

D

D

D

AP

D

Trincas

D

A

A'

A2

A'

A

 

RD

exame radiográfico

US

exame por ultra-som

LP

exame por liquido penetrante

PM

exame por partícula magnética

EV

exame visual

CP

exame por correntes parasitas

AP

aplicável

D

depende

NA

não aplicável

1

superficial; 2 - superficial e sub-superficial

 

As diferentes descontinuidades em uma junta de topo com chanfro em X podem ser vistas num desenho esquemático, segundo a terminologia Petrobrás.

 Link Relacionado:

Soldagem – Coleção tecnológica SENAI – 1ª ed. 1997