Imprimir

Proteção radiológica

Escrito por Infosolda. Posted in Ensaios não Destrutivos e Mecânicos

Apostila escrita por Ricardo Andreucci professor da FATEC-SP em disciplinas da Qualidade, qualificado Nível III radiografia e Ensaio Visual pela ABENDI, NIvel III área nuclear pelo IBQN todas as modalidades de END e certificado pelo CNEN como supervisor de Radioproteção, é consultor para diversar empresas em END.   

Esta apostila representa um guia básico para programas de treinamento em Proteção Radiológica, contendo assuntos voltados para as aplicações industriais das radiações ionizantes. Trata-se portanto de um material didático de interesse e consulta, para os profissionais e estudantes que se iniciam ou estejam envolvidos com a Radioproteção Industrial.”

Imprimir

Controle de Qualidade II

Escrito por Infosolda. Posted in Ensaios não Destrutivos e Mecânicos

Apostila escrita por Ricardo Andreucci professor da FATEC-SP em disciplinas da Qualidade, qualificado Nível III radiografia e Ensaio Visual pela ABENDI, NIvel III área nuclear pelo IBQN todas as modalidades de END e certiifcado pelo CNEN como supervisor de Radioproteção, é consultor para diversar empresas em END.

Este material didático é destinado aos alunos do Curso regular de Tecnologia em Soldagem da Faculdade de Tecnologia de São Paulo – FATEC, e contém os assuntos a serem tratados na disciplina de Controle da Qualidade II – CQ-II no período de duração de 18 semanas (90 horas/aula).

Imprimir

Radiologia Industrial

Escrito por Infosolda. Posted in Ensaios não Destrutivos e Mecânicos

Apostila escrita por Ricardo Andreucci professor da FATEC-SP em disciplinas da Qualidade, qualificado Nível III radiografia e Ensaio Visual pela ABENDI, NIvel III área nuclear pelo IBQN todas as modalidades de END e certificado pelo CNEN como supervisor de Radioproteção, é consultor para diversar empresas em END.  

A radiografia é um método usado para inspeção não destrutiva que baseia-se na absorção diferenciada da radiação penetrante pela peça que está sendo inspecionada. Devido às diferenças na densidade e variações na espessura do material, ou mesmo diferenças nas características de absorção causadas por variações na composição do material, diferentes regiões de uma peça absorverão quantidades diferentes da radiação penetrante. Essa absorção diferenciada da radiação poderá ser detectada através de um filme, ou através de um tubo de imagem ou mesmo medida por detetores eletrônicos de radiação. Essa variação na quantidade de radiação absorvida, detectada através de um meio, irá nos indicar, entre outras coisas, a existência de uma falha interna ou defeito no material.  

A radiografia industrial é então usada para detectar variação de uma região de um determinado material que apresenta uma diferença em espessura ou densidade comparada com uma região vizinha, em outras palavras, a radiografia é um método capaz de detectar com boa sensibilidade defeitos volumétricos. Isto quer dizer que a capacidade do processo de detectar defeitos com pequenas espessuras em planos perpendiculares ao feixe, como trinca dependerá da técnica de ensaio realizado. Defeitos volumétricos como vazios e inclusões que apresentam uma espessura variável em todas direções, serão facilmente detectadas desde que não sejam muito pequenos em relação à espessura da peça.

Imprimir

Líquido penetrante

Escrito por Infosolda. Posted in Ensaios não Destrutivos e Mecânicos

Apostila escrita por Ricardo Andreucci professor da FATEC-SP em disciplinas da Qualidade, qualificado Nível III radiografia e Ensaio Visual pela ABENDI, Nível III área nuclear pelo IBQN todas as modalidades de END e certificado pelo CNEN como supervisor de Radioproteção, é consultor para diversas empresas em END.  

O ensaio por líquidos penetrantes é um método desenvolvido especialmente para a detecção de descontinuidades essencialmente superficiais, e ainda que estejam abertas na superfície do material. 

O ensaio por líquidos penetrantes presta-se a detectar descontinuidades superficiais e que sejam abertas na superfície, tais como trincas, poros, dobras, etc..podendo ser aplicado em todos os materiais sólidos e que não sejam porosos ou com superfície muito grosseira. É muito usado em materiais não magnéticos como alumínio, magnésio, aços inoxidáveis austeníticos, ligas de titânio, e zircônio, além dos materiais magnéticos. É também aplicado em cerâmica vitrificada, vidro e plásticos.