Imprimir

Comparativo entre a produtividade e custo operacional dos processos de corte plasma convencionais e a tecnologia de corte plasma utilizando água como gás secundário.

Escrito por Infosolda. Posted in Processos de Corte

Artigo escrito por Daniel Adolpho do CETEC-SOLDA e Bruno Lualdi da Thermadyne.

O corte de metais é um dos pontos chaves para o processo produtivo de nossa indústria tendo como destaque a indústria naval e petroquímica.

No decorrer dos anos muitos equipamentos foram desenvolvidos com tecnologias cada vez melhores visando atingir a máxima produtividade e sobretudo equalizar a questão da velocidade de corte com sua respectiva qualidade.

As atuais tecnologias de corte plasma permitem que a questão qualidade de corte x produtividade ganhem um novo significado, em alguns casos substituindo com êxito para determinadas espessuras outros processos com características distintas como o laser e corte por jato de água com abrasivos.

Este trabalho tem por objetivo apresentar o Water Mist como alternativa quando comparados à processos mais onerosos.

Imprimir

Consider Direction of Loading When Sizing Fillet Welds

Escrito por Leandro Peres Ferreira. Posted in Processos de Soldagem

Practical Ideas for the Design Professional by Duane K. Miller, Sc.D., P.E.

The traditional approach used to design a fillet weld assumes that the load is resisted by the weld’s throat, regardless of the direction of loading. Experience and experimentation, however, have shown that fillet welds loaded perpendicular to their longitudinal axis have an ultimate strength that is approximately 50% greater than the same weld loaded parallel to the longitudinal axis. The traditional approach, in which direction of loading is not considered, is therefore conservative. Such a philosophy was incorporated into the AWS D1.1 Structural Welding Code - Steel, as represented by the following provision from the 1994 edition.

Imprimir

Consider Penetration When Determining Fillet Weld Size

Escrito por Leandro Peres Ferreira. Posted in Processos de Soldagem

Practical Ideas for the Design Professional by Duane K. Miller, Sc.D., P.E.

Introduction A flat-faced, equal-legged fillet weld in a 90° T-joint has a theoretical throat dimension of 0.707 ω, where ω is the leg size (Figure 1). This assumes fusion is achieved to the root of the joint, but not necessarily beyond that point.